Seminário: Lugar de Germinar a Semente.

 

A pandemia trouxe ao coração de todos um momento profundo de reflexão. Certamente sairemos diferentes, ou melhores ou bem menos convertido do que quando iniciamos esse tempo de desolação e esperança – a decisão em parte é nossa – QUE POSSAMOS SAIR MELHORES. Atualmente estamos em seis seminaristas no Seminário Diocesano de Nossa Senhora do Rosário, em Caratinga-MG. Ficamos aproximadamente 120 dias em casa, aguardando o tempo propício para começarmos à vivência do novo normal. Ressalto que as demais turmas acadêmicas e, por sua vez, nossos irmãos fraternos, permanecem em suas famílias, aguardando o tempo para darem continuidade à caminhada no ambiente seminarístico. Tem sido uma experiência reflexiva e de maior aproximação para o Bismarque, Douglas, Fernando, Flaviano, Rodolfo e eu, que estamos concluindo o Curso de Teologia.

Ao mesmo tempo, é um momento de gratidão à casa formativa, de modo particular, ao padre José do Carmo, padre David, padre Adair, monsenhor Raul, irmãs Júlia e Luzia – que prontamente nos acolheram nesse retorno. É um tempo que nos permite mergulhar em nosso interior e agradecer ainda mais pelo dom da vida e vocação. Entre os muitos sentimentos, nos deparamos com a saudade mística de momentos vividos nessa casa. Apesar da saudade, nos mantemos em preces por todos os que nos pedem orações, de modo particular, os muitos irmãos e irmãs que perderam seus amigos e familiares durante a pandemia. Continuemos em preces pelos muitos outros seminaristas da nossa casa e de outros lugares. Que Maria, venerada com os títulos do Rosário e da Lapa, continue a nos ensinar a dizer: “Faça-se”.

Sem. Roberto Pereira Silva, estudante do 4° ano de Teologia.
Diocese de Araçuaí – MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *